fbpx
O que é vinho seco? Saiba quais são suas características

O que é vinho seco? Saiba quais são suas características

Compartilhe

Muitas pessoas ainda não sabem o que é vinho seco e acabam confundindo com o suave e o de mesa, por exemplo. De maneira simplificada, o vinho seco é aquele que tem menor teor de açúcar. Durante o processo de fermentação, as leveduras utilizadas consomem toda a glicose e transformam-na em álcool, deixam ele com menos doçura que o suave e o tinto.

A glicose desse tipo de vinho, que é chamada açúcar residual, deve estar presente em até quatro gramas por litro. Esse processo resulta em uma bebida mais refrescante e muito consumida no verão, mas que, com a harmonização correta, vai muito bem no inverno e nas demais estações.

A seguir, confira como harmonizar o vinho seco e os principais benefícios dessa bebida para a sua saúde.

Quando tomar vinho branco?

Agora que já sabe o que é vinho seco, veja como acertar na combinação e no momento. Esse tipo de bebida, por ter menor teor de açúcar, não interfere no sabor de petiscos e pratos, por mais suaves que eles sejam.

Apesar de existirem algumas dicas de harmonização e melhores momentos para degustar o vinho seco, a regra geral é seguir o seu paladar, pois é esse aspecto que mais interfere em qualquer tipo de bebida.

De modo geral, os vinhos com baixo teor de açúcar vão muito bem em épocas mais quentes do ano, independentemente se ele é branco ou tinto. Isso porque eles são refrescantes e mais ácidos, características essas que harmonizam muito bem com saladas e pratos típicos do verão.

Para isso, eles são servidos gelados, mas não abaixo de 10 °C, pois temperaturas muito inferiores anestesiam a boca e interferem na nossa capacidade de apreciação e degustação dos sabores.

 

 

Como harmonizar o vinho seco com comida?

O vinho seco tinto vai muito bem com carnes acompanhadas de molhos, principalmente os brancos com ervas, pois esse tipo de bebida, como dito, é mais ácido, refrescante e suave. Sendo assim, não prejudicará os sabores de pratos leves.

A mesma dica vale para peixes crus e grelhados, que têm sabores delicados e leves. Outras opções de pratos para harmonização do vinho seco são risotos de legumes ou frutos do mar e massas com molho branco.

Já o vinho branco seco, por ter notas predominantemente frutadas, casará muito bem com saladas, aves e mariscos.

No quesito queijo, os azuis ficam incríveis, como o gorgonzola, pois contrastam muito bem o intenso do queijo e a acidez desse tipo de vinho, principalmente os secos tintos mais encorpados.

A atenção deve ser voltada para as sobremesas. O açúcar, assim como o sal, é um fator determinante para as suas degustações. Pratos muito açucarados podem prejudicar a identificação de sabores e mascarar o real do vinho seco e, até mesmo, provocar amargor.

Nesse sentido, evite sobremesas muito doces para os vinhos secos. Prefira aquelas mais ácidas e não tão carregadas, pois eles limpam o palato e não carregam a sua boca. Mas, lembrando: tudo também depende do seu paladar e gosto pessoal.

Quais são os benefícios do vinho seco?

Justamente por não apresentar altos teores de açúcar, o vinho seco é o melhor para a saúde. Esse tipo de vinho tem significativas concentrações de antioxidantes em sua composição. Em razão disso, apresenta benefícios importantes para a saúde.

Prevenção de doenças cardiovasculares

Principalmente os vinhos tintos secos contêm antioxidantes que inibem a ação de radicais livres, que são causadores de diversos problemas de saúde, inclusive de doenças cardiovasculares e envelhecimento precoce.

Tais benefícios são proporcionados por uma molécula chamada resveratrol, presente nas sementes e nas películas das uvas. Essa substância é capaz de reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom (HDL). Essa ação impede a formação de gordura que pode entupir as veias e os vasos sanguíneos.

Alívio do estresse

Diferentemente do que a maioria pensa, não é somente o álcool do vinho que promove efeito relaxante. Segundo pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, o resveratrol também tem ação antiestresse.

Isso acontece porque essa substância bloqueia a manifestação da enzima causadora do estresse, da ansiedade, da depressão e de desordens psicológicas.

Controle da diabetes

Por ter menor concentração de açúcar, os diabéticos podem consumidor o vinho seco. Além disso, segundo a Sociedade Brasileira de diabetes, o consumo moderado de vinho tinto, junto de uma dieta adequada, está associado à resistência à insulina. Lembrando-se de que a quantidade diária ideal para tomar vinho seco é de 150 ml, que equivale a uma taça.

Quais são os principais usos do vinho seco?

Além da degustação, o vinho seco também pode estar presente nos pratos. Eles são excelentes ingredientes para marinadas, fondues, risotos, ensopados, molhos e, até mesmo, sobremesas.

Para cozinhar, os melhores vinhos secos do tipo tinto são aqueles suaves, delicados e frutados, pois evitam que a comida fique com sabor amadeirado, intenso demais e prejudique outros sabores do prato. Para as sobremesas, eles se transformam em ingredientes que podem ser combinados com chocolate.

Já os vinhos brancos secos são excelentes para o preparo de peixes, vegetais e frutos do mar. Vale lembrar-se de que é fundamental deixar o álcool evaporar completamente para que consiga o resultado desejado no preparo.

Caso contrário, será perceptível o sabor alcoólico e nada agradável no alimento. Essa também pode ser a sua escolha para tortas doces, de chocolate branco ou frutadas.

Também tome cuidado para não exagerar na quantidade, pois perceberá que grande parte das receitas pedem poucos ml do vinho justamente para que os sabores se misturem e harmonizem, e não para que ele se sobressaia.

Agora que já sabe o que é vinho seco, poderá fazer as combinações e harmonizações que melhor se adaptam ao seu paladar. Afinal, por mais que existam dicas e melhores combinações para você testar, o seu gosto é que manda na hora da escolha. Porém, sempre prefira os vinhos de qualidade, pois isso também interfere na sua experiência.

Quer degustar um bom vinho seco? Então entre em contato conosco e conheça as nossas variadas opções para todos os gostos e bolsos!

Compartilhe

Comment (1)

  • Sandra Barbosa Reply

    Sou fã de vinhos, principalmente os vinhos suaves… mas não descarto a utilização do vinho seco na culinária.
    O risoto é um dos pratos favorito.

    04/11/2019 at 19:44

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X