Benefícios do Vinho

Kit para vinho: 7 acessórios que não podem faltar para um apreciador

Para aproveitar melhor o vinho, convém montar um kit que contenha os elementos necessários para a sua correta degustação. Afinal, eles podem tornar mais prática a sua apreciação durante uma noite especial, por exemplo.

Existem acessórios recomendados para os iniciantes ou menos experientes, e aqueles recomendados para os mais experientes.

Neste post, mostraremos quais são esses itens e suas funções. Aproveite para ler e aprender um pouco mais sobre o kit para vinho ideal para você!

1. O saca-rolhas

O saca-rolhas é um utensílio cuja função é óbvia: retirar a rolha da garrafa. Trata-se do acessório mais básico para compor o kit para vinho.

Os modelos que oferecem o melhor custo-benefício são:

  • saca-rolhas de alavanca: ele tem uma espiral que, à medida que perfura a rolha, levanta seus “braços”, situados ao lado; quando os “braços” abaixam ao mesmo tempo, a rolha é retirada;

  • saca-rolhas de duas fases: a remoção da rolha acontece em duas fases, com o ajuste dos dois pontos de apoio ao bico da garrafa. Provavelmente, é o modelo mais usado por sommeliers e em restaurantes.

Há também outros modelos, como o saca-rolhas elétrico, que é mais caro por ser mais sofisticado e dispensar o trabalho da pessoa que está abrindo a garrafa; o saca-rolhas do tipo pinça, que costuma ser usado para abrir garrafas de vinhos armazenadas por muitos anos; e o saca-rolhas de pressão, que funciona por meio de bombeamento de ar manual ou por injeção automática para dentro da garrafa.

Para quem não gosta muito de usar o saca-rolhas, existem opções de vinhos em garrafas com tampa de rosca.

2. O corta cápsula

Assim como o saca-rolhas, esse é um acessório básico do kit para vinho. Sua função é a de remover a cápsula que recobre o bico e uma parte do pescoço da garrafa. Nos vinhos lacrados com rolha de cortiça, percebe-se que a cápsula contém alguns furinhos que permitem que o ar alcance o interior da garrafa, assegurando a evolução gradual da bebida.

A cápsula não precisa ser removida totalmente, podendo ser retirada em partes. Para removê-la, deve-se utilizar uma faca ou um canivete — mas, para garantir a segurança, o correto é usar o corta cápsula.

Esse utensílio tem formato de ferradura, precisa ser encaixado no bico da garrafa de vinho e deve ser pressionado e girado. O corte proporcionado pela ferramenta é preciso, resultante das rodinhas de aço inox que se encontram em seu interior.

3. O corta-gotas

Esse utensílio, conhecido também como salva-gotas, integra o kit básico. Sua finalidade é evitar que a bebida escorra pela garrafa enquanto é servida, para que não molhe a toalha da mesa e manche o rótulo.

Os modelos encontrados com mais facilidade são:

  • de metal: anel com um material absorvente na região interna. Ele é colocado no gargalo da garrafa e, se o vinho escorrer, o líquido é absorvido;

  • de folhas de acetato: folhas circulares que devem envolver o bico da garrafa. Uma vantagem é que são mais baratos, e muitas lojas costumam oferecê-los como brinde aos clientes.

4. A taça

taça é o recipiente no qual o vinho será bebido. Seu formato foi bem planejado:

  • o bojo largo e ovalado tem o diâmetro adequado para permitir a oxigenação do vinho quando ele é girado em seu interior, ocorrendo, assim, a liberação de todos os aromas da bebida;

  • a haste possibilita que a pessoa segure a taça sem aquecer a bebida e sem deixar marcas de dedos, inconveniente que atrapalha a avaliação visual do vinho.

A matéria-prima com que é confeccionada a taça também interfere na percepção dos sabores e dos aromas. A taça de cristal, por exemplo, possui poros pequenos que quebram as moléculas da bebida quando ela é girada, facilitando a liberação de aromas.

5. O termômetro

Agora que já falamos sobre os acessórios básicos de um kit para vinho, vamos abordar as ferramentas destinadas aos experts no assunto. O primeiro desses utensílios é o termômetro.

O termômetro é usado com a finalidade de medir a temperatura do vinho. Servir o vinho na temperatura apropriada é um pré-requisito para que a pessoa possa aproveitar ao máximo o aroma e o sabor da bebida. 

Apesar da utilidade do termômetro, é um exagero acreditar que o vinho só será bem aproveitado se estiver a exatos 15º C no momento em que for servido.

Para medir a temperatura, é necessário que o termômetro fique em contato com a bebida. Mas essa condição traz algumas dúvidas, como: e se a garrafa estiver aberta e o vinho não estiver suficientemente frio? Guardar a garrafa na geladeira não é viável.

O termômetro digital é uma opção para esses casos, pois pode medir a temperatura entrando em contato somente com a garrafa.

6. O aerador

Essa ferramenta também é chamada de oxigenador. Expor a bebida durante um tempo à oxigenação pode trazer benefícios para muitos tipos de vinho.

Quando o vinho entra em contato adequado com o ar, isso agiliza o processo de oxigenação da bebida. Assim, sua função é fornecer um volume de ar suficiente para que ele evolua mais rapidamente e desperte os aromas.

Contudo, os especialistas em vinho ainda questionam a efetiva funcionalidade do oxigenador. Aparentemente, alguns modelos parecem não cumprir o que prometem.

7. O decantador

O decantador, também chamado de decanter, tem como função separar as borras do vinho e expô-lo a um volume maior de oxigênio. Dessa maneira, o vinho pode “respirar” e evoluir.

O utensílio é um objeto confeccionado em vidro ou cristal, que recebe a bebida que estava guardada e fechada em sua garrafa original. Essa transferência acontece no momento em que o vinho será servido.

O formato tradicional é de fundo largo e abertura estreita, dando a impressão de um artefato de laboratório. Esse formato é o ideal para separar as borras e os sedimentos (parte sólida), deixando a bebida sob maior influência do oxigênio.

Esses foram sete acessórios que compõem um kit para vinho básico e avançado, destinado tanto aos apreciadores especializados quanto àqueles que simplesmente gostam da bebida.

Agora que você já sabe como reunir alguns dos melhores acessórios para aproveitar essa bebida incrível, aproveite para descobrir três truques para escolher um vinho de melhor qualidade!