Conheça os principais tipos de uva na fabricação de vinhos

Conheça os principais tipos de uva na fabricação de vinhos

Um dos principais fatores que determinam os sabores e aromas de um vinho, mais do que sua forma de fabricação, é o tipo de uva utilizado. Esse tipo de informação é importante em um mercado como o Brasil, em que 80% das vendas vem do segmento dos vinhos de mesa.

Na verdade, as nomenclaturas que encontramos em vinhos e espumantes vêm justamente das particularidades de cada uva. Esse dado por si já fornece algumas informações básicas para um bom apreciador da bebida.

Neste post, falaremos sobre os principais tipos de uva para a produção de vinhos. Vamos conhecê-los?

Quais são os tipos de uva usados na produção de vinhos?

Você vai achar estes nomes bem familiares: são os principais tipos de uvas usados na fabricação de vinhos.

Cabernet Sauvignon

Vinda da França, é a uva mais utilizada na produção de vinhos tintos no mundo. Dá origem a um vinho bem encorpado, com aromas herbáceos, e possui uma variedade interessante de sabores atrelados ao preparo.

Sauvignon Blanc

Se a Cabernet é a principal uva na fabricação dos vinhos tintos, a Sauvignon Blanc é a mais importante que dá origem aos vinhos brancos. Vinda da mesma região que sua “primo”, a de Bordeaux, na França, seu sabor é mais suave, com uma leve acidez. O vinho também pode ser encorpado, de acordo com o tipo de fermentação.

Merlot

É um dos tipos de uva mais cultivados no Brasil, sobretudo na Serra Gaúcha. Seu vinho pode ter um sabor frutado, mas com texturas mais encorpadas e macias. E, diferente do Carbenet, pode ser facilmente degustado ainda jovem.

Pinot Noir

É um dos tipos de uva mais populares, mas que curiosamente não se encontram em tantas regiões além da França. Essa uva gera vinhos mais suaves, com um sabor mais ácido, e que também podem ser degustados ainda jovens. Porém, as melhore safras costumam ser mais velhas e complexas em sua fabricação.

Tannat

O tannat é o tipo de uva que gera os melhores vinhos envelhecidos. Isso porque sua fruta é rica em taninos, que são melhor aproveitados quando conservados por longos períodos. O resultado são vinhos mais encorpados, de cor intensa. É bem popular no Uruguai.

Malbec

Embora seja originária da França, a uva Malbec encontrou o seu lar na Argentina, onde é muito popular. É um vinho leve e macio, que pode ser aromatizado facilmente com especiarias e flores.

Tempranillo

Esse tipo de uva é bem popular tanto na Espanha, seu país de origem, como em Portugal. Seus vinhos têm corpo médio, e quando bem envelhecidos conseguem algumas notas de baunilha. Os vinhos de Tempranillo são ainda mais saborosos no verão.

Isabel

O Rio Grande do Sul é um dos grandes produtores de vinhos no Brasil. E nesse estado em questão três tipos de uva se sobressaem: a Isabel, a Concord e a Bordô.

A Isabel se destaca dentre as três por ser a mais produzida. Vinda dos Estados Unidos no século XIX, a qualidade da uva depende de uma boa longevidade para que seu sabor seja apreciado. Contudo, os vinhos tintos produzidos à partir dela possuem um sabor intenso, de aromas mais frutados.

Concord

Com aromas de frutas cristalizadas, a Concord produz vinhos mais doces e frutados. Tem uma boa produção em países como Canadá, Israel, Brasil e Estados Unidos, devido à sua fácil adaptabilidade, inclusive tolerando temperaturas muito baixas. Com uma boa maturação, também é possível produzir vinhos secos de excelente qualidade.

Bordô

Também é originária dos Estados Unidos. Os vinhos tintos produzidos à partir dela possuem um sabor mais suave, de cor intensa. Sua produção tem crescido nos últimos anos no sul do Brasil, muito pela sua resistência a baixas temperaturas, da mesma forma que a Concord.

Gostou da lista? Quais detalhes sobre os tipos de uva você acrescentaria? Não deixe de comentar suas opiniões sobre cada uma delas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X