Vinícola Campestre

Blog Aromas & Sabores

7 petiscos deliciosos para acompanhar vinhos Pérgola E zanotto
Você esta em > Blog > Matéria

06 de abril de 2018

Uma boa gastronomia e vinhos de qualidade sempre andaram juntos. No entanto, não basta fazer um prato delicioso e combiná-lo com qualquer tipo de bebida — é preciso harmonizar. Só assim você pode garantir o máximo de sabor da refeição.

O post de hoje foi feito para aqueles que querem conhecer alguns petiscos para acompanhar vinhos e saber mais sobre a harmonização. Sendo assim, se você se interessou pelo assunto e quer aprender como combiná-los com os diferentes aperitivos existentes, confira o nosso texto e aproveite nossas dicas.

As regras básicas de harmonização

A harmonização de vinhos com comidas exige conhecimento, mas não é uma tarefa tão complicada quanto parece, basta ter atenção aos detalhes. Para garantir uma boa combinação, é preciso fazer uma análise do petisco e da bebida que será servida.

Como os vinhos possuem nuances diferentes — não se restringindo ao tinto, branco e espumante —, vale a pena se aprofundar no assunto. Isso porque eles podem apresentar opções mais ácidas, adocicadas, leves ou intensas, dependendo do tipo da uva e outras características da sua produção.

Existem algumas regras básicas que podem ajudar na hora de harmonizar. Os pratos mais leves precisam de bebidas mais suaves para combinar. As refeições mais ácidas são ideais para acompanhar vinhos leves e frescos, trazendo um equilíbrio.

Já as preparações mais gordurosas combinam com uma bebida mais forte e ácida. Dessa forma, a harmonização busca equilibrar os sabores para que a refeição seja mais prazerosa e especial.

Opções de petiscos para acompanhar vinhos

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as regras de combinação, daremos algumas sugestões de aperitivos e quais tipos de vinhos mais combinam com eles. Veja:

1. Peixes e frutos do mar

Os peixes e frutos do mar sempre são lembrados quando se pensa em apreciar um bom vinho, pois permitem fazer uma série de receitas saborosas. Você pode preparar, por exemplo, bolinho de bacalhau, isca de peixe ou camarões ao alho e óleo ou mesmo empanados e fritos, podendo ser acompanhados por um molho de queijo ou apimentado.

Para esses petiscos, a melhor opção são os vinhos brancos, pois eles são mais aromáticos, leves e têm a acidez na medida certa. Entre as alternativas, podemos citar o Chardonnay.

2. Queijos

Os queijos são petiscos clássicos quando se fala em harmonização com vinho tinto. Existem várias opções de pratos que podem ser feitos com queijos, como o famoso fondue e os canapés de queijo e nozes.

Porém, por sua intensidade de sabor, você pode servi-los in natura em uma tábua de frios. Opções como muçarela de búfala, queijo coalho e ricota ficam ótimas com um vinho branco suave como o Chardonnay.

Já os queijos prato e cheddar, que possuem um sabor mais intenso, ficam mais adequados com um vinho tinto mais leve, como o Merlot. Os espumantes secos, por sua vez, são perfeitos para acompanhar queijos do tipo provolone.

Por fim, os vinhos tintos frisantes e os brancos aromáticos, como o Sauvignon, são uma ótima pedida se você optar por queijos do tipo gorgonzola e roquefort. Para inovar com os aperitivos, você pode preparar cremes e servir com acompanhamentos, como pães e torradas.

3. Embutidos

Combinar vinhos com embutidos de qualidade também é uma ótima opção. Eles podem ser utilizados para montar uma bela tábua de frios, que pode ser combinada com os queijos.

Os embutidos como o presunto cru e de Parma, linguiça de qualidade, salame e salsichão são perfeitos para serem servidos com vinhos tintos como Cabernet e Merlot.

Uma dica essencial é servi-los juntos com torradas ou uma cesta de pães. A combinação dessa tríade (vinho, embutido e pão) resulta em uma ótima refeição.

4. Carnes

As carnes também são bastante utilizadas para harmonizações de vinhos. Apesar de serem mais lembradas na hora de preparar jantares com pratos mais elaborados, também podem ser utilizadas para criar opções de petiscos deliciosos.

É possível fazer os espetinhos com cebola, pimentão e tomate, enroladinhos ou carnes frias, como o carpaccio.

A escolha do vinho deve ser baseada no tipo de carne, para as vermelhas mais gordurosas, o tinto mais suave é a melhor opção. Mas, se o petisco vier acompanhado de um molho apimentado, a harmonização deve ser feita com o branco do tipo Chardonnay.

Se optar pela carne de porco, o ideal é combiná-la com vinhos do tipo Bordô suave. Já as aves pedem um acompanhamento mais leve, como o Chardonnay ou Sauvignon.

5. Bruschettas

Essas torradas se tornam opções bem versáteis para acompanhamento, além de serem fáceis de preparar. As coberturas podem ser feitas com misturas de vegetais, como brócolis ou couve-de-bruxelas. Nesses casos, um vinho tinto como o Cabernet é ideal para harmonizar com o sabor amargo desses ingredientes.

Também podem ser feitas as tradicionais, com tomate em cubos e queijo, sendo ótimas para combinar com vinhos tintos potentes. Dessa forma, quando optar por bruschettas ou outros preparos com recheio, como pizzas, a combinação deve considerar os ingredientes utilizados.

6. Porções tradicionais

Em determinadas ocasiões pede-se alguns petiscos mais tradicionais, as chamadas comidinhas de bar, para criar um ambiente mais relaxante e descontraído. São alimentos como a batata frita, polenta, anéis de cebola, torresmo, salgadinhos fritos ou frango a passarinho.

Com um teor de gordura mais alto e opções comuns para petiscar, essas porções são ideais para acompanhar um bom vinho espumante, aproveitando a sua acidez para intensificar os sabores.

7. Doces

É bem possível harmonizar os vinhos com as sobremesas, afinal, nada como um delicioso doce após uma refeição bem-feita. Os churros, acompanhados de calda de chocolate, são ótimos para petiscar e combinam com vinhos mais ácidos, para não deixar o sabor enjoativo.

Se optar por brigadeiros gourmet, tendo em vista o sabor intenso do cacau, da gordura e do açúcar, opte por vinhos tintos e intensos. Porém, se a sobremesa for mais frutada, principalmente com frutas vermelhas, o ideal é escolher bebidas mais delicadas.

Como mostramos, existem diversos tipos de petiscos para acompanhar vinhos. Agora que você já tem mais conhecimento sobre o assunto, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais e ajudar os seus amigos que adoram esse tipo de bebida enquanto apreciam uma deliciosa refeição?

Aromas & Sabores
Leia também

Saúde

Alongamento para coluna: veja ... 18 de abril de 2018

Pode acreditar: em algum momento da sua vida, você vai sentir dores na coluna. Seja por ...

ler notícia

Saúde

Diabetes: saiba mais sobre os ... 10 de abril de 2018

O diabetes é um dos principais problemas de saúde pública atuais. De acordo ...

ler notícia

Diversos

Você conhece a história do ... 04 de abril de 2018

A história do vinho é quase tão antiga quanto a própria ...

ler notícia
Assine nossa
Newsletter

Vinícola Campestre 2017 - Aprecie com moderação

desenvolvimento | sixinterfaces