Benefícios do Vinho

5 motivos pelos quais você deve consumir vinhos brasileiros

Boas razões para degustar vinho não faltam. Saboroso e convidativo, além de ser uma excelente escolha para reunir os amigos, ele também favorece a saúde e o bem-estar se consumido com moderação.  

No Brasil, benefícios como esses vêm sendo testados e comprovados por muita gente. Nos últimos anos, o consumo de vinho aumentou, e esse crescimento é positivo para sustentar uma cultura de apreciação da bebida. 

Em contrapartida, ainda existe preconceito quando o assunto são os vinhos brasileiros. Muitas pessoas não dão chance aos produtos nacionais e são convictas da ideia de que vinho bom é “importado e caro”. 

É para desmistificar essa crença que preparamos este post, focado na nossa produção. A seguir, veja 5 motivos para não deixar de lado os rótulos brasileiros!

1. O vinho tem uma longa trajetória no Brasil

Sabia que a história do vinho é antiga aqui no país? O produto faz parte da nossa cultura há séculos e as primeiras cepas cultivadas nas terras brasileiras vieram de Portugal, durante a colonização. Em 1640, existiam vários vinhedos na cidade de São Paulo e região, e o vinho comum fazia parte das riquezas que moviam a maior cidade do país. 

Após um período de crescimento de produção, em que o vinho tornou-se um símbolo de status, a corte portuguesa baixou um alvará, em 1785, proibindo as atividades manufatureiras no Brasil. Assim, o setor de produção de vinhos sofreu uma estagnação.

No século seguinte, com a chegada dos italianos, os primeiros passos do que seria a indústria vinícola do país foram dados. Na Serra Gaúcha, milhares de imigrantes criaram vinhedos com a mesma estrutura daqueles cultivados na Itália, começando a vinicultura familiar.

Ao longo do século 20, a produção se intensificou, com o estabelecimento de padrões, inclusão de técnicas, formalização de cooperativas e entidades. Na década de 70, houve uma intensa entrada de multinacionais do setor, fenômeno que fortaleceu a visão de que o vinho de qualidade seria o importado. 

Mesmo assim, os vinhos autenticamente brasileiros seguiram adiante. Atualmente, há mais de mil vinícolas no país, entre marcas de vinhos finos, de mesa e artesanais. O setor está em expansão e diversos rótulos se destacam no mercado internacional. 

2. Os tintos do Brasil são ricos em antioxidantes

A pesquisa “Trans-Resveratrol em vinhos sul-americanos”, publicada na 7ª edição da Revista Brasileira de Viticultura e Enologia, mostrou que, em uma comparação entre vinhos tintos da América do Sul, os brasileiros têm maior percentual do antioxidante resveratrol que os da Argentina, do Chile e do Uruguai.

O nosso país passa à frente em vários tipos de uva, porém, os produtos de casta Merlot destacam-se pelo teor da substância. Isso quer dizer que, em relação aos demais vinhos do nosso continente, os brasileiros trazem ainda mais benefícios à qualidade de vida.

O resveratrol vem sendo alvo de muitos estudos, pois é importante para a preservação da saúde. Apenas para você ter uma ideia, esse antioxidante ajuda a proteger os vasos sanguíneos, inibir a formação de radicais livres, conservar o sistema imunológico​ e prevenir o envelhecimento. 

3. Os vinhos brasileiros são diversificados

O termo “terroir”, de origem francesa, é conhecido entre vinicultores, enólogos e enófilos. Essa palavra indica a relação entre o solo e o clima particular de uma determinada região, o ambiente natural para que nasça um tipo específico de uva. Por isso, é muito determinante para os vinhos. 

Aqui no Brasil, graças à vastidão territorial, nosso terroir é único. As regiões do país apresentam condições climáticas e geográficas diferentes e, por isso, é possível encontrar produções nacionais de variadas uvas.

Por exemplo, você pode provar taças de uva Moscatel e Syrah da região Nordeste, clássicos vinhos de mesa do estado de São Paulo, Cabernet Sauvignon e Pinot Noir do Paraná e de Santa Catarina, Merlot de Minas Gerais e sortidas variedades do Rio Grande do Sul, como Sauvignon Blanc, Marselan, Nebbiolo, Tannat e Tempranillo — só para citar algumas. 

Em resumo, existe não só terra em abundância, mas características que favorecem uma produção interessante para o vinho brasileiro.

4. O nosso setor de vinhos é muito qualificado

Já vimos que a manufatura de vinho tem história no Brasil. Mas mais do que isso, o que o nosso país tem de sobra é profissionalismo em tudo o que envolve a bebida.

Além dos próprios produtores, contamos com inúmeros profissionais dedicados ao setor, como enólogos e sommeliers. Também são muitos os pesquisadores, como Embrapa Uva e Vinho e Epamig, e de universidades que produzem e divulgam conhecimento dessa área. 

Tal contexto ainda propicia o fortalecimento de cursos de nível superior, que, a partir de sólida base científica e tecnológica, estimulam a cultura dos vinhos brasileiros. 

5. O enoturismo é uma realidade no Brasil

Consumir vinho em casa já é interessante e gostoso. Mas imagina que delícia conhecer onde cada garrafa é envasada, encontrar-se com quem faz a sua bebida favorita e entender as características da terra de onde vêm os produtos? Isso é o que o enoturismo possibilita, e, aqui no país, esse tipo de atração é bem difundida.

Pequenas ou grandes, muitas vinícolas do Brasil oferecem seus espaços para visitação, com programações que envolvem desde caminhadas entre os vinhedos até degustações.

Inclusive, há regiões, como o Vale dos Vinhedos, que têm infraestrutura com pousadas, hotéis, restaurantes e SPAs — um cenário diretamente relacionado à qualificação cada vez maior do setor.

O hábito de beber vinhos vem crescendo no Brasil e é preciso aproveitar essa onda para favorecer o comércio dos produtos nacionais. Neste artigo, buscamos fazer justamente isso, mostrando 5 razões para que você reconheça a nossa produção e a aproveite.

Por fim, lembre-se disto: os vinhos brasileiros, em geral, têm bom custo-benefício e são riquezas do nosso país. Ao optar por degustar os rótulos do Brasil, você valoriza a cultura local e o desenvolvimento da economia, estimulando a continuidade da produção.

E agora, que tal aproveitar esses novos conhecimentos para fazer um brinde? Conheça nossos kits de vinho e taça e se prepare para começar a sua aventura!