Geral

5 curiosidades interessantes sobre o vinho tinto suave

Na hora de comprar uma garrafa de vinho ou mesmo em uma roda de amigos, sempre surge a dúvida: qual é melhor, o vinho tinto suave ou o seco? Na verdade, os dois podem ser de grande qualidade. É mesmo uma questão de gosto.

O que difere os dois tipos é o corpo do vinho  aquela sensação de maior ou menor densidade que sentimos na boca, causada pela concentração de taninos, além de outras características provenientes do processo de produção de cada bebida, como a elevação alcoólica, os níveis de acidez, o tipo da uva, o amadurecimento em barris e vários outros fatores.

Mas se você é do time dos fãs do vinho suave, veja 5 curiosidades sobre a bebida e alguns argumentos para convencer a turma de que ele é o melhor!

1. As uvas são colhidas mais tarde

Os vinhos mais suaves e doces têm uma maior quantidade de açúcar, mas nos vinhos de qualidade, o açúcar em si não é acrescentado à bebida. Ele é o açúcar natural das próprias uvas. 

Para conseguir o sabor mais leve, a colheita das uvas é mais tardia, o que dá mais tempo para a maturação da fruta e, consequentemente, que ela fique mais adocicada.

2. Há variedades específicas de uvas

Naturalmente, os tipos de uvas influenciam diretamente no sabor do vinho. Para a produção do vinho tinto suave, os produtores costumam utilizar as uvas das chamadas espécies americanas, como Niágara, Concord, Herbemont, Isabel, entre outras.

Na categoria de uvas mais sofisticadas para a produção dos vinhos mais suaves e adocicados, podemos citar a Semillón, que dá origem a um dos melhores vinhos doces do mundo; o Sauternes, em Bordeaux, na França; e a Riesling, que garante a alta qualidade tanto dos vinhos secos quanto dos mais suaves.

3. Um fungo pode ajudar

Uma curiosidade desse tipo de vinho é que ele pode ser produzido a partir de uvas atacadas por um tipo de fungo, o Botrytis cinerea, que desidrata as uvas.

Dessa forma, as uvas botritizadas concentram mais açúcares, deixando a bebida naturalmente mais adocicada.

4. É saudável e tem teor alcoólico menor

O vinho tinto já é reconhecido por suas propriedades que fazem bem à saúde, especialmente ao coração e à circulação sanguínea. Inclusive, muitos médicos recomendam o consumo de uma taça por dia.

Mas se você quer um pouquinho a mais, o suave pode ser uma opção melhor, pois ele é mais leve e tem menos álcool. O que também o torna a companhia ideal para quando você quer apreciar um pouco mais a bebida sem ficar embriagado.

A sua refeição saudável com pratos leves harmoniza muito melhor com as opções mais suaves do que com secos e meio secos (demi-sec).

5. A Serra Gaúcha produz ótimos rótulos

Com clima e solo favoráveis para o cultivo de uvas, a Serra Gaúcha é a principal produtora de vinhos do Brasil e tem se destacado por suas vinícolas e seus ótimos exemplares, incluindo tintos suaves.

Há várias opções fabricadas com excelência e que estão sendo muito bem avaliadas pelo público e críticos do setor.

O resultado não poderia ser mesmo diferente. Um vinho tinto suave de qualidade é uma bebida leve para consumir, que costuma agradar diferentes paladares e tem conquistado cada vez mais fãs  que abrem mão do preconceito, experimentam e aprovam.

Se você está em busca de um rótulo com qualidade superior, produzido por uma vinícola reconhecida, visite a nossa loja online ou entre em contato com a nossa equipe.